Bancos e governo discutem crédito para empresa média

Depois de implementar uma linha de crédito para financiar a folha de pagamentos de pequenas empresas, governo e bancos discutem agora medidas para estimular o crédito a companhias de médio porte, com faturamento de R$ 10 milhões a R$ 300 milhões, apurou o Valor.
Uma proposta em estudo prevê o uso facilitado do Fundo Garantidor de Investimentos (FGI) do BNDES. Criado há dez anos para servir de complemento às garantias oferecidas por empresas e caminhoneiros autônomos para tomar crédito, o recurso é hoje pouco acessado porque os bancos o consideram engessado. O fundo possui patrimônio líquido de cerca de R$ 1,2 bilhão, que proporciona cerca de R$ 11 bilhões em saldo disponível para concessão de novas garantias em operações, segundo o BNDES.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *